O Polêmico fim de Hellsing

Este post é de um antigo Blog meu chamado MangáSlam, decidi ressuscitá-lo aqui, divirtam-se 🙂

Olá pessoal tudo bem? Já havia um tempo que eu queria fazer este Post sobre o mangá que me introduziu ao mundo dos mangás Hellsing! Anos atrás estava em um fórum e encontrei um avatar com um personagem simplesmente maravilhoso, imponente e bem feito. Com algumas pesquisas descobri que se tratava de Nosferatu Alucard (Vampiro Alucard para os não-íntimos), desde então passei um bom tempo da minha vida com avatares de Alucard e companhia até finalmente criar coragem e assistir ao Anime. Fiquei pasmo com a qualidade do Anime (vale lembrar que eu conhecia muito poucos Animes na época, hoje mesmo eu acho essa série bem fraquinha) e assisti de cabo a rabo.

Mouse pad Hellding

Meu antigo Mouse Pad tinha exatamente esta foto. Da esquerda para a direita: Seras, Integra e Alucard

E em uma passagem por uma banca de revista o que eu encontro? Hellsing #1 á venda! Obviamente comprei e comecei ali algo que até hoje tenho o hábito e gosto em fazer colecionar mangás. Ao ler aquela história com um traço bem estranho (não por ser mangá o traço de Kohta Hirano realmente é estranho e desproporcional e leva-se um tempo para acostumar), continuei a comprar e vi que na segunda edição em diante a história tomava um rumo diferente daquele Anime que eu havia assistido, então minha curiosidade e vontade de colecionar aumentarão ainda mais.

Hellsing1_jbc

Atenção, daqui em diante o Post terá Spoilers agressivos sobre Hellsing (mangá), caso você não tenha lido ou tenha interesse de ler algum dia, leia por sua conta em risco sabendo que poderá ter revelações fortes da trama.

O tempo foi se passando e a história de Hellsing se desenvolveu, confesso que achei a trama um pouco complicada demais em algumas partes como a introdução dos Alemães fanáticos e Reichs por todos os lados, o estranho hábito do Vaticano de manter guerreiros sobre-humanos como Padre Andersen (ou Anderson como preferir) em seu poder mesmo tendo que manter uma imagem puritana e nobre. Mas enfim o mangá apresentava cenas sanguinárias e era muito… muito interessante. O traço de Kohta Hirano realmente é muito detalhado mas peca (peca muito e não é só eu que acho isso) nas proporções, em alguns quadros podemos ver um Alucard com os braços bastaaaaante compridos, em outro uma pistola imensa, e como o próprio autor até brinca as variações de tamanho dos seios de Seras Victoria (para maior é claro), talvez isso pode ser um dos resquícios dos trabalhos Hentai que o Mangaká já fez (em minhas andanças pela internet já achei até Doujin do One Piece feito por ele…).

Hellsing Integra

Sir Integral Fairbrook Wingates Hellsing, sim esse é o nome completo dela

Enfim depois de tantas lutas contra Ghouls (vampiros zumbificados após serem mordidos por vampiros de classe mais baixa ou pessoas que eram mordidas e não eram mais virgens), a integração de Seras para a corporação Hellsing (que é uma instituição mantida pela família Hellsing em que Integra é herdeira e atual líder), as caras carrancudas de Integra, a revelação do poder simplesmente fodástico de Walter (que no início da trama parecia mais um Alfred mordomo da mansão do que um estripador de mais alto calão) chegamos as lutas finais que trilharão o caminho de nossos “heróis” até o confronto final.

Hellsing seras_wallpaper

Seras Victoria a fiel escudeira de Alucard

E eis que os Alemães com seus fortes soldados conseguem enganar Alucard e levá-lo para o meio do inóspito mar enquanto eles invadem Londres e tentam de uma vez por todas eliminar a Corporação Hellsing sem a presença de Alucard. Seras cumpre muito bem o seu papel e consegue manter um certo controle… ou pelo menos a vida de sua Chefe Integra. Depois de muitas lutas e reaparecimentos tanto de inimigos quanto de aliados Alucard consegue chegar da armadilha em que estava. Aí literalmente o “pega-para-capar” começa… Alucard acaba com o padre Anderson, acaba com muita gente e finalmente descobre que Walter era um traidor… pois é eu não gostei disso pois achava o Walter muito foda, mas… é a vida…

RELACIONADO  E se Stranger Things fosse uma série de comédia?

Eles se envolvem num combate que parece não ter mais fim e quando tudo parece perdido e achamos que o Alucard finalmente irá ceder perante algum inimigo ele acaba com a raça de Walter e mostra sua verdadeira força… cada inimigo que ele derrotava não “morria” propriamente dito, mas sim se integrava a seu corpo aumentando mais ainda a sua força, mas enfim quem era uma das principais mentes por trás deste mar de pessoas derrotadas dentro de um Vampiro imortal? Sim… leia o nome Alucard… leu? Agora leia do contrário…

Sim…isso mesmo… Alucard é nada mais nada menos que o Valáquio mais famoso e romantizado de todos os tempos o famoso Conde Drácula! Depois de descer a porrada em todos os o Comandante Alemão FDP manda sua “arma secreta” para cima de Alucard. Ela é nada mais nada menos que um lobisomem que tem o poder de estar e não estar ao mesmo tempo em qualquer e nenhum lugar (viu o por que eu acho algumas passagens de Hellsing um tanto quanto complicadas demais…), sendo assim ele poderia exterminar a existência de Alucard a partir da premissa de que ele tem milhões (acredite ele matou MILHÕES em toda sua vida…), mas a vida meu amigo, é dura… e o General Alemão logo recebe uma “amistosa” visita de Seras e Integra que partem para o ataque, são surpreendidas, vêem o plano maluco do Alemão e depois partem para a ignorância, até descobrir que… o General era um robô…

Essa parte admito que foi meio decepcionante e não era necessária, seria melhor eles darem cabo dele como humano e fim de papo, mas em mangá escrito, desenhado e impresso não se mexe então ficou assim… e com este desfecho de descoberta a verdadeira identidade do nosso maior inimigo e um grande ponto fraco do aparentemente invencível Alucard que o levou a ruína fechamos o penúltimo capítulo de Hellsing.

RELACIONADO  A nova atualização do Clash Royale e dicas para se dar bem na nova atualização

Agora estamos no último capítulo do mangá (coisa rara pra mim que só gosto de mangás “infinitos” rs) 30 anos se passaram desde a grande tomada de Londres, a Hellsing se reergueu das cinzas e mantém seu trabalho como caçadora de criaturas sobrenaturais com uma grande richa com a igreja católica. Integra é uma humana comum e depois de 30 anos já não tem a mesma aparência bonita e a vitalidade de sempre, já Seras que é uma vampira está exatamente como era no auge da guerra. As duas vivem na mansão Hellsing em uma época de calmaria sem grandes guerras ou combates eminentes, e logo em seguida depois de tanta monotonia eis que uma criatura sombria e poderosa retorna das cinzas (pois aparentemente achávamos que ele havia sido morto pelo Lobisomem de poderes extremamente confusos), sim o grande protagonista anti-herói Alucard aparece e ao se apresentar pede desculpas pelo “atraso” pois teve que matar as mais de 2 Milhões de almas que compunham sua antiga rede de vitalidade e poder.

E com esse final meio Pink e Cérebro (o que vamos fazer esta noite Sir Integra… Tentar dominar o Mundo!) nos despedimos de Hellsing em seu décimo volume original ou seu vigésimo volume nacional meio tanko. Eu acreditava que o final era pior, sabe por que? Porque TODOS meus conhecidos me diziam que Hellsing era uma história boa com um péssimo final, já eu discordo deles e acho que o final até que foi legal, o problema foram a cadeia de fatos que ajudaram a compor o fim da guerra que não me convenceram como o General-Alemão-Robô, a morte de Walter e o desaparecimento de Alucard…

Mas enfim nada é perfeito, e quem sou eu para reclamar das proporções malucas de Kohta Hirano… pois bem pequenos gafanhotos, se vocês leram o final o que acharam? E se você chegou aqui sem ler Hellsing meus parabéns, você acaba de se provar uma pessoa corajosa por passar por essa rajada incessante de Spoilers e ainda viver para contar a história para seus conhecidos.

RELACIONADO  Netflix lança teaser de The Defenders - Nova série Marvel

Enfim eu achei um final plausível e não gostei de como chegaram a ele e vocês? O espaço de comentários está ai para ouvir suas opiniões ok?

Share This Post

About Author: Amauri

Nerd, marido, empreendedor, programador e editor de vídeo... Fundei o nona nota com o intuito de levar uma visão diferente da cultura pop, por que portais de notícias já temos o suficiente não é mesmo? Jabá: Visite o site da minha empresa http://estudiobyte.com.br/