Initial D – O Velozes e Furiosos “certinho”

Um clássico das “corridas de rua certinhas”.

Como todos sabem, eu sou um grande fã de Animes e Mangás de Esporte. Mas para mim nenhum deles tomou tanto destaque quanto Initial D, esse sim foi a meu ver a obra suprema de um esporte (mesmo ele sendo automobilístico e não físico).

Iniciando nossa viajem pelo mundo das corridas de ruas, vou logo dizendo que Initial D não é para pessoas gostam somente de carros e não curtem / entendem a ideologia dos animes e do mundo oriental, pois a obra é repleta de clichês animes tais como a superação do protagonista, aquelas cenas em que os personagens falam consigo mesmo visando estratégias de corrida, clichês de romances japoneses que são bem mais platônicos e inocentes que os ocidentais e etc.

Desde já viro a chave na ignição e inicio este post sobre Initial D!!! Vruuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuum….

Sinopse SEM SPOILER

Fujiwara Takumi é um jovem tímido que vive na pequena província de Gunma, ele e seu amigo Itsuki são fascinados por carros, então eles decidem trabalhar durante seu período de férias (o que não é permitido para estudantes no Japão) para poder comprar um Trueno (o carro que é o símbolo da série).

Logo todos descobrem que Takumi é um habilidoso piloto e o pessoal de Gunma resolve montar uma equipe de corredores chamados Akina SuperStars. Daí pra frente eles se envolvem em várias corridas arriscadas e os integrantes do Akina SuperStars são apresentados aos RedSuns, equipe que automaticamente se transforma na principal richa dos nossos corredores.

O Anime é dividido em 4 temporadas sendo o First Stage a descoberta da corrida e o início da Jornada dos nossos integantes, o second Stage a evolução, third stage um filme mostrando além de as corridas, um amor mal resolvido de Takumi e no fourth stage somos apresentados aos corredores mais habilidosos de todos. Além da série convencional existem os “Extra Stages” que são resumo das corridas de cada temporada e um filme contando mais sobre o romance de Iketani (um dos amigos de Takumi e fundados dos Akina SuperStars).

RELACIONADO  O Polêmico fim de Hellsing

Foi feito também um filme com atores reais (live-action) da série, o mesmo não foi feito por atores japoneses mas sim por um grupo de Hong Kong chamado Media Ásia, apesar de não ser tão fiel assim ao Anime/Manga o filme tem boas cenas de corrida, valendo mais para quem quer uma diversão descontraída e devido ás diferenças pode não agradar aos fãs mais puritanos da franquia.

História COM SPOILER

Viajemos agora para a pequena província de Gunma, onde mora nosso protagonista Fujiwara Takumi. Ele é um jovem um tanto quanto retraído e tímido que por volta dos seus 13 anos de idade aprendeu a dirigir para fazer as entregas da loja de Tofu do seu pai. Entre os clientes da loja de Bunta Fujiwara (o pai de Takumi) está um hotel que se situa do outro lado do monte Akina.

O percurso para chegar no hotel é difícil, cheio de curvas muito fechadas e pistas bastante estreitas, sendo assim, forçando quem quer que dirija ali a ter bastante cautela e ser muito habilidoso.

No decorrer dos anos Takumi vai conhecendo o percurso e se tornando cada vez um piloto mais preparado para correr rapidamente mesmo num percurso tão complicado. Agora voltamos ao presente, onde Takumi se encontra no final do que equivale aqui ao segundo grau das escolas, ele e seu amigo Itsuki estão com planos bem mirabolantes de comprar um carro e se tornarem corredores.

Para poder realizar o sonho, os jovens conseguem um trabalho no posto de gasolina de Gunma (o que é proibido, pois alunos de colegial não podem trabalhar em época de aulas, no máximo nas férias de verão), onde acabam conhecendo Iketani, um cara bem gente fina que saca bastante de carros.

RELACIONADO  A Crítica Social por trás de One Punch Man

Daí pra frente eles começam a assistir as corridas de rua e logo se interessam em montar uma equipe para enfrentar uns forasteiros metidos a besta de uma equipe chamada RedSuns.

Drift

initial d drift 1

Em Initial D, além de o famoso AE-86 (Toyota Trueno) ser uma das marcas características da série, os Drifts quase que laterais são um show a parte. Eles meio que fazem parte da “Alma” da série, e para os desavisados que acham “ah, mas esses drifts malucos são coisa de vídeo game impossível de serem feitos na vida real” segue abaixo um vídeo provando que existem sim corredores japoneses sagazes o suficiente para tal:

Creio eu que o que alavancou Initial D como mangá e acabou fazendo com que ele se tornasse um Anime foram esses tais Drifts Laterais, juntamente com as linhas de ação que são muito bem trabalhadas por Suichi Shigeno (autor da Série) como mostra a imagem abaixo:

drift manga

O que rendeu (e rende) frutos, Initial D se encontra atualmente no volume 33, com capítulos bimestrais. O anime cobriu boa parte do que já foi publicado no mangá, mas como não se sabe se a série vai continuar ou se morreu no quarto estágio, resta a nós fãs esperar por mais anime deste incrível manga… lembrando que ao final da quarta temporada a música de encerramento do último episódio se chama “The Race is Over…” o que pode ser uma indicação de que o fim real do Anime foi ali.

Mas não custa nada ter esperanças não é mesmo? Tenho esperanças de um dia poder comprar Initial D nas bancas Brasileiras pelo menos, já que o Anime foi exibido (somente o First Stage) no extinto Animax (hoje Sony Spin).

RELACIONADO  As 10 motos mais marcantes da Cultura POP

Aguardem uma nova matéria com ficha dos personagens, carros da série, jogos (que não são poucos), um pouco de Eurobeat (ouçam a banda MOVE para se empolgar até lá) e detalhes sobre o Filme.

Post retirando do antigo Blog do Amauri: link do post original.

Share This Post

About Author: Amauri

Nerd, marido, empreendedor, programador e editor de vídeo... Fundei o nona nota com o intuito de levar uma visão diferente da cultura pop, por que portais de notícias já temos o suficiente não é mesmo? Jabá: Visite o site da minha empresa http://estudiobyte.com.br/